Plano de Parto: o que é e como fazer

birthplanfinal_path

O Plano de Parto é uma das recomendações da OMS para uma melhor experiência no parto. Há países em que os profissionais da saúde encorajam e orientam as gestantes a fazerem este documento, mas no Brasil a coisa ainda é meio recente e lenta, normalmente só indicado e divulgado por profissionais e ativistas da humanização.

Quando grávida, minha doula e minha parteira me falaram do Plano de Parto. Gostei da ideia, mas quando sentava no notebook para escrever ou pegava um caderno: branco. Não sabia nem como começar. Procurava modelos na internet e achava pouquíssimos, 2 ou 3 no máximo, e alguns me soavam tão autoritários…

Afinal, o que é o Plano de Parto?

É um planejamento das fases do parto (trabalho de parto, expulsivo, dequitação e puerpério imediato). Gosto de falar também que ele é, principalmente, duas coisas: 1. uma visualização de como a gestante deseja o seu parto; e 2. uma ferramenta para solucionar possíveis imprevistos.

Por ser algo tão pessoal, não há um modelo fechado, como se fosse um ofício ou uma circular. Você faz como se sentir mais confortável: tem gente que faz em tópicos/listas, tem gente que faz como um texto dissertativo e tem até quem faça como se tivesse contando uma história. O importante é por ali todos os seus desejos, vontades e, claro, um planejamento objetivo para situações-problemas.

Também é legal pensar: como me expresso no meu plano de parto? Como disse ali em cima, quando fui escrever o meu, estava completamente perdida. O que encontrei e fui adaptando pra minha situação, estava escrito de forma muito autoritária, tudo no imperativo, um tom bem “mandão”. Não parecia comigo. Mas era o que tinha, então adaptei. Quando fui apresentar meu plano pra equipe de parto, até me senti envergonhada de ler aquilo e também adaptei minha leitura, tentando amenizar, pois não me sentia confortável falando naquele tom com a equipe, com quem sentia muita proximidade e carinho.

Portanto, pense bem quando estiver escrevendo: eu estou pedindo ou estou mandando? Estou apenas fazendo um planejamento ou estou ditando ordens? O plano de parto decididamente não é um código de leis para a sua equipe, apenas um norteador. Escrever em tom autoritário e “mandão” pode, inclusive, gerar mal estar ou reações piores: afinal, vamos combinar, ninguém gosta de ser tratado assim. Pior ainda a classe [médica] que há séculos se põe num altar de status quo superior a todos. Melhor não criar atritos. Tente escrever sempre da forma mais positiva possível, também por uma questão de energia e espírito pra si mesma. O parto é algo positivo!

E o que colocar no plano de parto? Vou dar algumas dicas, mas o resto é com vocês:

Dados:

  • Nome dos pais, acompanhantes (se houver) e do bebê
  • Contato
  • Nome do profissional que irá acompanhar e da(s) doula(s), se houver
  • Local do parto (hospital, casa de parto ou endereço do domicílio)

Parágrafo informando ciência do casal:

O plano de parto expressa nossos desejos e preferências para o nascimento do nosso bebê. Nós nos informamos antes de fazer as escolhas abaixo e entendemos que há situações em que nossas escolhas podem não ser possíveis nesse caso gostaríamos (dizer se gostariam que @ obstetra decida pelo casal ou se gostariam que tudo fosse discutido antes com o casal). ***este texto é só um sugestão, pode ser alterado à vontade.

Trabalho de parto:

  • Gostaria de esperar até ____ semanas antes de induzir o parto ou optar pela cesárea, caso esteja tudo bem.
  • Em caso de bolsa rota, gostaria de aguardar o TP por X dias ou indefinidamente caso esteja tudo bem?
  • Como gostaria que estivesse o ambiente? Iluminado, pouca luz, todo escuro? Com velas, incensos, ambientadores ou nada de aromas? Ventilador, ar condicionado, aquecedor?
  • Gostaria que tivesse música, silêncio ou alternar entre ambos?
  • Gostaria que a equipe mantivesse os celulares em silêncio ou desligados?
  • Gostaria de receber incentivos e que a equipe evite fazer comentários negativos?
  • Gostaria de comer e beber durante o trabalho de parto? Algo específico?
  • Gostaria que sejam utilizados métodos para o alívio a dor? Farmacológicos, não-farmacológicos ou alternados?
  • Gostaria de receber analgesia?
  • Gostaria de receber ocitocina ou soro?
  • Gostaria de ser orientada sobre posições, exercícios e outras coisas que ajudem a evoluir o trabalho de parto?
  • Gostaria de utilizar o chuveiro e/ou a piscina?
  • Gostaria que fosse feito toque durante o trabalho de parto ou prefere que seja acompanhado por outros meios? (linha púrpura ou batimentos do bebê, por ex.)
  • Gostaria de fazer uso de acupuntura (se tiver quem faça, apontar a profissional)
  • Gostaria de tirar fotos e fazer filmagem?
  • Gostaria de conversar durante o tp ou prefere que te deixem em silêncio?
  • Gostaria de fazer lavagem intestinal?
  • Gostaria de fazer a raspagem dos pelos pubianos?
  • Gostaria de fazer o rompimento artificial da bolsa?
  • Gostaria que o bebê seja monitorado eletronicamente ou prefere a auscultação?
  • Onde gostaria de passar o trabalho de parto: em casa, hospital, num jardim, outro ambiente ou alternadamente?
  • Gostaria de ter parto vaginal ainda que o bebê esteja pélvico?
  • Gostaria de ser orientada com métodos naturais para virar o bebê caso esteja pélvico?

 

Expulsivo:

  • Onde gostaria que o bebê nascesse? No quarto, na sala, na varanda, no jardim (para parto domiciliar)? Na piscina, no chuveiro, onde parecer melhor na hora?
  • Tem preferência por alguma posição? Gostaria de usar a banqueta de parto?
  • Como gostaria que estivesse o ambiente na hora do nascimento?
  • Se estiver na cama, gostaria de alguma posição específica (de lado, semi-reclinada)?
  • Gostaria de receber episiotomia?
  • Gostaria de fazer força apenas quando vier o puxo ou que te instruam a isso?
  • Gostaria que fossem feitas manobras para a saída do bebê?
  • Gostaria que alguém aparasse o bebê? A mãe, o pai, a doula ou o obstetra?
  • Gostaria de receber o bebê no colo imediatamente após o nascimento?

 

Pós-parto:

  • Quem cortará o cordão umbilical? Deve esperar o cordão parar de pulsar para ser cortado?
  • Gostaria que a placenta saísse naturalmente ou que seja puxada?
  • Gostaria de fazer algo com a placenta?
  • Aceita injeção de ocitocina em caso de hemorragia?
  • Gostaria de receber anestesia local caso ocorra laceração do períneo?

 

Cuidados com o bebê:

  • Gostaria que seja feita a aspiração das vias nasais?
  • Gostaria que o bebê recebesse nitrato de prata (colírio)?
  • Gostaria que fosse administrada a vitamina K no bebê?
  • Gostaria que fosse oferecida água glicosada ou mamadeira ou prefere ser incentivada ao aleitamento na primeira hora de vida?
  • Gostaria que o bebê tomasse banho após o nascimento ou X dias depois?
  • Gostaria que todos os procedimentos fossem feitos apenas na sua presença?
  • Gostaria que a identificação e a vacinação do bebê ocorram com ele em seus braços?

Plano B: em caso de cesárea

  • Em caso de parto domiciliar, para qual hospital será feita a transferência?
  • Por quem gostaria de ser acompanhada?
  • Gostaria de receber anestesia com sedação ou sem sedação?
  • Gostaria que o campo fosse abaixado no momento do nascimento para ver o bebê?
  • Como gostaria que estivesse o ambiente?
  • Gostaria que o bebê fosse colocado junto à si imediatamente após o nascimento?
  • Gostaria de amamentar o bebê?

 

Não sei vocês, mas fazer o plano de parto, à altura que fiz, também foi um aprendizado pra mim. Surgiram muitas coisas que eu não sabia o que eram e, assim, me vi obrigada a procurar para decidir se queria ou não. Após fazer o plano, assinam ambos os pais e podem colocar um campo para pedir a assinatura do obstetra também. É um resguardo e também uma forma de mantê-lo consciente das suas escolhas (podem ser feitas duas ou três vias: para o casal e @ médic@ ou para o casal, @ médic@ e a doula). No dia do parto, pode anexar o plano de parto assinado ao cartão da gestante, para ter certeza que a equipe irá ler.

Claro que fazer um plano de parto não significa que ele será seguido à risca, principalmente em partos hospitalares, mas é uma ferramenta que podemos e devemos utilizar, seja pra idealização, pra norteamento ou para precaução no dia desse momento tão especial.

Modelos de Plano de Parto

Meu plano de parto (2014)

Plano de Parto do Instituto Nascer Melhor

Plano de Parto ONG Amigas do Parto

Plano de Parto da Gabriela Sallit

Plano de Parto da Defensoria Pública de SP (pois é, institucional.. rs)

2 thoughts on “Plano de Parto: o que é e como fazer

  1. Aline, obrigada por ter citado o Dadadá no seu post. Só gostaria de fazer uma ponderação: o plano de parto é um contrato, entre cliente (a grávida) e prestadores de serviços (a equipe). Ele delimita a relação entre as partes, e, ainda que tenha a peculiaridade dos serviços de saúde – ninguém vai escolher entre cumprir o contrato e salvar a sua vida, esta escolha já está feita – ele determina regras, ou, como você diz, é mandão. Tem que ser assim, para ser eficaz.
    Uma equipe humanizada sabe que a mulher é a protagonista, é ela quem dá as regras do jogo. Estão acostumados com isso.
    Se sua equipe fica melindrada com o tom do seu Plano de Parto… Fica esperta! 😉

    Bjs grande!

    [Reply]

  2. Aline Rossi

    maio 14th, 2015

    Uia! Que bom que apareceu por aqui :)
    Minha equipe foi muito atenciosa, elas próprias diziam, na verdade, que o que eu escrevi no plano de parto “é lei”. Mas como as conhecia antes de ser grávida, antes de ser minha equipe, não me senti mesmo bem em ver o Plano de Parto como uma lista de ordens e não um planejamento. Entretanto, ainda não acho que o tom de ordem seja o melhor a recomendar, porque a maioria das mulheres irão parir no hospital ainda e os médicos se por um lado desconhecem e não encorajam o plano de parto, por outro quando o recebem se sentem desafiados (a maioria, creio que os humanizados já esperam vê-lo uma vez ou outra). É só uma cautela!

    Obrigada pela participação, Gabi :)
    Desculpe não ter pedido licença para fazer referência ao seu! :/

    [Reply]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *